Vigilância Sanitária do Rio integrará inspeção internacional

Por em junho 3, 2013

Um servidor da Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro irá acompanhar a equipe da Anvisa na realização de inspeção sanitária em fábrica de medicamentos no México, no mês de agosto. Esta será a primeira vez que um fiscal do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária irá realizar o trabalho de inspeção internacional em conjunto com a Agência.

Em fevereiro, o Decreto nº 7930/2013 autorizou que fiscais das vigilâncias sanitárias municipais e estaduais, com capacitação em Boas Práticas de Fabricação, realizassem inspeções em fábricas de medicamentos, insumos farmacêuticos e produtos para a saúde, localizadas no exterior. “Trata-se de uma ação positiva tendo em vista que vamos aumentar a capacidade de realizar inspeções internacionais e, consequentemente, garantir que esses produtos cheguem de forma segura para serem utilizados no Brasil”, defende o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano.

Até o momento, as inspeções internacionais nas indústrias de outros países eram realizadas apenas por servidores da Anvisa. As equipes de inspeção internacional continuam a ser lideradas por servidores da Agência, mas podem ter a participação de inspetores que fazem parte do quadro funcional de governos estaduais e de prefeituras, desde que autorizadas pela autoridade local.
Seleção

O processo de escolha dos profissionais observa como critérios de seleção a capacidade de comunicação em inglês, o curso de Boas Práticas de Fabricação (BPF) oferecido pela Anvisa e a experiência anterior em fiscalização do processo produtivo em indústrias.  Os servidores estaduais e municipais que participam de equipes de inspeção sanitária internacional ficam submetidos às normas e regulamentos da Anvisa e da Administração Pública Federal, quanto à concessão de passagens e diárias e as respectivas prestações de contas. (Informações da Anvisa)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *