TJRJ discute pedidos de internação no SUS

Por em agosto 28, 2012

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos, se reuniu nesta segunda-feira, dia 27, com o presidente do Sindicato dos Médicos do Rio, Jorge Sale Darze, juízes do Plantão Judiciário, promotores e defensores públicos para discutir os pedidos de internação que chegam ao Poder Judiciário e a regulação das vagas disponíveis na rede pública de saúde.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos do Rio, há uma demanda muito grande de internações e um número insuficiente de leitos. “Muitas decisões chegam às centrais sem que os médicos possam cumpri-las”, destacou Darze, lembrando ainda que as Centrais Municipal e Estadual de Regulação de Leitos não têm autoridade para buscar leitos e dependem dos relatórios enviados pelos diretores dos hospitais oferecendo as vagas.

O presidente Manoel Alberto contou que o objetivo da reunião é buscar soluções de ordem prática e efetivas que melhorem esta situação. “Precisamos encontrar uma solução para melhor atender a população”, enfatizou. Segundo o desembargador, “não adianta dar a ordem para internação se não existe a vaga”.

Durante o encontro, foi identificada a necessidade da elaboração de uma listagem única com o número de vagas existentes em todas as unidades hospitalares do Município, do Estado e da União. “É preciso moralizar e dar transparência”, afirmou o secretário geral do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro, Pablo Vazquez Queimadelos.

(Com informações do TJRJ)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *