TJMT: Shoppings precisam manter ambulância e médico

Por em dezembro 5, 2016

“Não é desarrazoada a exigência que busca proteger a saúde e, consequentemente, a vida dos consumidores que transitam nas dependências dos shoppings centers. O ato administrativo que impõe a obrigação de o estabelecimento manter ambulância e médico para atendimento de emergência é revestido de prudência e atende ao princípio da solidariedade social”.

Com este entendimento a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) julgou um agravo de instrumento e manteve a decisão do juiz da comarca da Capital, que não concedeu a liminar para suspender a exigência da Lei Municipal n. 3.560/96 e do Decreto Municipal nº 5.170/12, que obrigam os estabelecimentos comerciais de sua natureza a possuírem uma ambulância e corpo médico técnico suficiente para atender a população que ali transita.

O acórdão que julgou o Agravo de Instrumento 143935/2015 foi publicado a DJE 9909 do dia 01 de dezembro. Acesse AQUI.
 .
*Informações do TJMT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *