TJ/AL discute conciliação entre Eletrobras e hospitais

Por em fevereiro 9, 2015

Membros da Diretoria Administrativa da Eletrobras apresentaram, nesta segunda-feira (09), ao presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas, valores devidos por diversos hospitais públicos e privados do estado a fim de solicitar a intervenção da Justiça.

Destacando a importância da conciliação, o desembargador Washington Luiz solicitou que fosse encaminhado pela Eletrobras à Presidência do TJ/AL um requerimento formal para ser marcada audiência entre representantes da Eletrobras e das instituições. “Foi demonstrado que somando todos os débitos, há mais de 28 milhões de reais que os hospitais deixaram de pagar à Eletrobras e isso precisa de uma solução”, disse o presidente do TJ/AL.

O diretor presidente da Eletrobras, Cícero Vladimir de Abreu Cavalcanti, afirmou que a instituição tem encontrado dificuldades financeiras por diversos motivos entre eles a inadimplência dos hospitais e a grande seca dos últimos três anos. Para ele, esses fatores têm dificultado a adequada prestação de serviços da Eletrobras.

“Estamos em uma crise financeira devido a inúmeros fatores. Somos um serviço essencial e ninguém discute isso. Têm outros serviços essenciais para a população que depende do nosso trabalho, como os hospitais e a distribuição de água, mas não podemos carregar essa responsabilidade sozinhos”, afirmou o diretor da Eletrobras.

Após o envio das informações e do requerimento da Eletrobras, o presidente Washington Luiz marcará audiência de conciliação entre as instituições.

(Informações do TJAL)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *