TJAC assina carta em defesa da política de saúde mental no país

Por em dezembro 17, 2020

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), representado pelas desembargadora, a coordenadora do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo (GMF), Denise Bonfim, e a coordenadora da Infância (CIJ) e Juventude, Regina Ferrari, assinou carta em defesa da política de saúde mental.

O documento, que repudia a proposta do governo federal de revogar uma série de portarias que estruturam a Política de Saúde Mental no país, foi assinado e publicado pelo Sistema de Justiça, composto também pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE).

Pelo MPAC, assinam o documento, a procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues; o procurador-geral adjunto para Assuntos Jurídicos, Sammy Barbosa Lopes; a procuradora de Justiça Patrícia de Amorim Rêgo; e o promotor de Justiça Glaucio Ney Shiroma Oshiro. Pela DPE, assinam as defensoras Roberta Caminha, Flávia do Nascimento e Juliana Marques.

*Informações do TJAC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *