Senadora pede renegociação das dívidas das Santas Casas

Por em outubro 7, 2015

A senadora Ana Amélia (PP-RS), alertou hoje (7) em Plenário que o Congresso Nacional precisa aprovar uma lei para alongar o prazo de pagamento das linhas especiais de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

— Isso é necessário para ajudar as Santas Casas de Misericórdia de todo o país, que enfrentaram a mais grave crise financeira de sua história — afirmou.

Ana Amélia contou que um grupo de senadores se reuniu nesta terça-feira com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, em busca de saídas para a crise das Santas Casas. Representantes das entidades e o diretor de Infraestrutura Social do BNDES, Henrique Paim, também participaram da reunião.

Segundo a senadora gaúcha, Luciano Coutinho se comprometeu a buscar uma solução e, em termos emergenciais, sinalizou com a possibilidade de ampliação da carência dos empréstimos e da redução da taxa básica de juros cobrada pelo banco, que hoje é de 2%, nos empréstimos às Santas Casas.

— Essa situação do endividamento das Santas Casas não é de agora. Decorre de uma defasagem não só da demora do reajuste das tabelas do SUS, mas também no pagamento das quitações. E, mais grave ainda, da falta de repasse, pelos estados, dos recursos para a saúde necessários, porque a maioria deles está vivendo, como o nosso Rio Grande do Sul, uma situação financeira extremamente aguda — explicou.

Ana Amélia informou ainda que a Comissão de Assuntos Sociais vai chamar o novo ministro da Saúde, Marcelo Castro, para discutir saídas para a crise das Santas Casas de Misericórdia.

*Informações da Agência Senado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *