Senador critica controle de hospitais do Distrito Federal pela Rede D’Or

Por em setembro 19, 2012

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) voltou a criticar, nesta quarta-feira (19), a concentração dos hospitais de Brasília nas mãos da rede D’Or. De acordo com o senador, a rede D’Or agora detém 90% dos serviços hospitalares no Distrito Federal.

– A rede D’Or, faço questão de lembrar, é controlada diretamente pelo Banco BTG Pactual e já havia adquirido, no mês de abril, o Hospital Santa Luzia e o Hospital do Coração do Brasil, em Brasília – disse.

Para Vital do Rêgo, “a iniciativa privada se aproveita da incapacidade do setor público na prestação de serviços na saúde” para oferecer serviços com o mínimo aceitável. Ele afirmou que os hospitais em Brasília estão sob controle de monopólio.

– Esta mesma Rede D’Or comprou, nos últimos três anos, 30 hospitais no país através de um financiamento do Banco Pactual. E pergunto: como é que vieram esses recursos?

Vital do Rêgo explicou que a Procuradoria-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) propôs, nesse mês, uma medida cautelar para que a compra de hospitais em larga escala, no país inteiro, não se concretize. Vital do Rêgo destacou que a monopolização não está presente somente nos hospitais, mas em todo o setor de saúde, como nas farmácias e laboratórios.

Em aparte, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) manifestou-se contra a monopolização, masdefendeu a possibilidade das empresas privadas terem sistema de saúde desde que trabalhem para o interesse público, “cobrando dos ricos e tendo convênio do Estado para atenderem aos pobres”. E o senador Tomás Correia (PMDB-RO) afirmou que monopólio é ruim não somente na saúde, mas em todos os setores. (Informações da Agência Senado)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *