Senado discute utilização de células-tronco

Por em junho 24, 2013

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) discutirá em audiência pública, na terça-feira (25), às 9h, as novas tecnologias de uso de células-tronco e suas aplicações.

Capazes de dar origem a células semelhantes, as células-tronco podem ajudar pessoas que sofreram traumas na medula espinhal e pacientes com doenças cardiovasculares, neurodegenerativas, hematológicas, doenças renais, entre outras.

Pela Lei de Biossegurança, é permitida, para pesquisa e terapia, a utilização de células-tronco obtidas de embriões humanos produzidos por fertilização in vitro e não utilizados no procedimento.

Foram convidados para o debate Mayana Zatz, coordenadora do Centro de Estudos do Genoma Humano do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão; Daniel Coradi de Freitas, da Gerência de Tecidos, Células e Órgãos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); Sérgio Vieira, diretor do GID Brasil;  Antônio Carlos Carvalho; chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde; José Almada, cirurgião plástico; e José Fábio Lana, diretor da Associação Brasileira de Medicina Regenerativa.

O debate será transmitido pela internet e o público poderá enviar perguntas aos especialistas pelo portal e-Cidadania, no endereço http://bit.ly/CCTcelulastronco, além do Facebook, Twittere Alô Senado (0800-612211).

(Informações da Agência Senado)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *