São Paulo aprova projeto que prevê anestesia gratuita em partos normais

Por em outubro 17, 2013

A Câmara de Vereadores de São Paulo aprovou ontem (16/10), em segunda votação, projeto de lei que cria o parto humanizado na rede pública municipal. O texto prevê a obrigatoriedade de anestesia em parto normal, além da escolha de um acompanhante pela grávida –que pode ser desde um parente até uma doula.

O projeto, da vereadora Patrícia Bezerra (PSDB), garante anestesia gratuita nos partos normais, para gestantes que procuram os hospitais da Rede Municipal de Saúde.

Ela acredita que a proposta vai trazer muitos benefícios, principalmente para as mulheres que não tem condições financeiras para recorrer às clínicas e maternidades da Rede Particular de Saúde.

A proposta seguirá agora para a sanção do prefeito Fernando Haddad (PT). Se sancionada, os hospitais terão um protocolo que garanta os direitos. (Informações da Câmara de Vereadores de São Paulo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *