Prontuário Médico Eletrônico e Medicina do Trabalho

Por em julho 23, 2015

O médico do trabalho tem o dever de elaborar um prontuário para cada trabalhador e, quando se trata de prontuário eletrônico, este deve atender aos requisitos do Nível de Garantia de Segurança 2, com acesso restrito apenas aos profissionais de saúde do SESMT por meio de senha pessoal.

A determinação consta no parecer nº 26/15, do Conselho Federal de Medicina (CFM)

Confira o parecer na íntegra clicando aqui.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *