PROCESSO-CONSULTA CFM 977/12 – PARECER CFM 30/12

Por em setembro 13, 2012

Em caso de indivíduo(s) portador(es) de defeitos genéticos, a decisão de não procriar não compete exclusivamente ao médico assistente, mas, também, aos interessados, após serem detalhadamente informados dos fatos e alternativas.

Leia o Parecer completo AQUI.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *