Presidente do Senado, Eunício Oliveira defende reversão de vetos em lei de agentes de saúde

Por em Abril 3, 2018

O presidente do Senado, Eunício Oliveira defendeu a reversão do VET 4/2018, feito parcialmente ao PLC 56/2017, que reformulou a carreira de agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. O projeto foi sancionado por Michel Temer, em janeiro, na forma da Lei 13595/2018 com uma série de pontos vetados, como a jornada semanal de 40 horas, indenização por transporte e regras de cursos de formação continuada.

— Os agentes de saúde que visitam as favelas, as periferias, os lugares que não têm esgoto, pisando em lama, e cuidam das pessoas todos os dias. O governo federal já paga R$ 1.719,00 para os estados, e eles pagam R$ 1.032,00 para os agentes. Esse valor vai passar para R$ 1.230,00 ou 1.240,00 — informou Eunício.

O encontro, no Congresso Nacional, ocorre hoje às 14h30.

*Informações da Agência Senado

Um comentário

  1. Valmir Silva Lírio

    08/04/2018 at 16:27

    Depois de tanto tempo aguardando, o minimo que a categoria merecia, seria a correção do piso nacional que está defasado desde o ano de 2014, mais 20% onde, só essa correção já ultrapassa os 1.230,00 citados pelo senador Eunício de Oliveira, penso que que a categoria pelo trabalho e economia que faz ao país merecia uma valorização melhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *