Parecer veda gravação de cirurgias para fins de auditoria

Por em novembro 24, 2015

A gravação de procedimentos cirúrgicos para fins de auditoria é vedada por questões éticas.

O esclarecimento consta no Parecer número 47/15, do Conselho Federal de Medicina.

Para ler o documento na íntegra, clique aqui.

*Informações do CFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *