Parecer CFM trata do uso do medicamento Avastin para doenças oftalmológicas

Por em janeiro 10, 2017

O uso do medicamento bevacizumabe (Avastin) para o tratamento das doenças oftalmológicas é off-label, devendo obedecer ao determinado no Parecer CFM nº 2/2016.

De acordo com o Parecer número 55/2016, publicado pelo Conselho Federal de Medicina, o uso do medicamento, off-label, na DMRI, só pode ser feito mediante fracionamento, sob responsabilidade ética, civil e criminal do prescritor, obedecendo às normas preconizadas pela Anvisa.

Leia o documento na íntegra, clicando aqui.

*Informações do CFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *