Parecer trata de exames de vídeoendoscopia de coluna

Por em dezembro 29, 2017

A endoscopia de coluna, a discectomia percutânea por vídeo e a neuroendoscopia de coluna para tratamento de hérnia de disco lombar não devem ser considerados procedimentos experimentais.

A determinação consta no Parecer número 39/2017, publicado pelo Conselho Federal de Medicina.

De acordo com o documento, já a hidrodiscectomia percutânea, até o momento, é considerada técnica de caráter experimental, só podendo ser realizada sob protocolos clínicos do sistema CEP/Conep.

Leia o parecer na íntegra, clicando aqui.

*Informações do CFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *