Parecer trata da fixação de tempo para consultas

Por em maio 20, 2016

O médico tem autonomia na condução de seu atendimento, não sendo possível fixar tempo específico para cada consulta. É o que determina o Parecer nº 14/16, publicado pelo Conselho Federal de Medicina.

De acordo com o documento, nenhum órgão ou instituição tem competência para determinar o tempo de avaliação médica ou estabelecer o número de atendimentos médicos para qualquer carga horária ou atividade médica. O tempo necessário para uma consulta médica é o ideal para o médico realizar anamnese, exame físico, diagnóstico e tratamento.

Para ler o Parecer na íntegra, clique aqui.

*Informações do CFM

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *