Parecer do CFM trata de laudos de paternidade por DNA

Por em setembro 25, 2017

Pode o médico atestar o resultado do exame de paternidade por DNA, assim como o exame de ancestralidade por DNA. É o que orienta o Parecer número 34/2017, publicado pelo Conselho Federal de Medicina.

De acordo com o documento, em ambos os casos deverá ser médico especialista em Genética Médica ou estar sob supervisão de um médico, diretor técnico do serviço com essa especialidade.

Para ler o parecer na íntegra, clique aqui.

*Informações do CFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *