Parecer do CFM trata da relação com a nanotecnologia

Por em agosto 23, 2016

Considerando serem a nanociência e a nanotecnologia bases fundamentais do desenvolvimento científico e industrial no futuro, deve-se atentar para: a necessidade de formação acadêmica sólida; garantias de proteção efetiva aos trabalhadores; a necessidade de mais informações científicas sobre os agravos das tecnologias já em prática na classe laboral; a inclusão da sociedade, por suas instituições, na discussão sobre a matéria e que sejam prestados esclarecimentos sobre seus benefícios e riscos; e a elaboração de um tipo de esclarecimento informado extensivo a todos envolvidos no processo.

A conclusão consta no Parecer número 18/16, publicado pelo Conselho Federal de Medicina, à consulta oriunda de estímulo por parte da Dra. J.D., médica especialista em medicina do trabalho, ao Cremepe, quanto ao risco à saúde, principalmente a ocupacional, considerando que os avanços no campo da nanociência e da nanotecnologia colocam essas inovações como importantes ferramentas para a produção e a dispensação de novos materiais.

Para ler o documento na íntegra, clique aqui.

*Informações do CFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *