Médico peruano consegue liberação do registro profissional

Por em junho 22, 2016

No Amazonas, um médico Peruano teve o registro profissional negado, porque não falava fluentemente o português. Para exercer a profissão ele precisou recorrer à Justiça. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região entendeu que a decisão do Conselho Regional de Medicina foi desproporcional e liberou o registro ao profissional.

*Informações do Via Legal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *