Médico não pode se opor a pedido de 2ª opinião médica

Por em março 16, 2018

A 2ª opinião quanto à conduta médica é de livre escolha de pacientes, responsáveis legais e do próprio médico assistente, de acordo com o artigo 39 do Código de Ética Médica. A informações consta no parecer número 17/2017, publicado pelo Conselho Federal de Medicina.

De acordo com o documento, segunda opinião deve preencher os requisitos previstos no artigo 39 do Código de Ética Médica, sendo vedado ao médico se opor à segunda opinião quando solicitada pelo paciente ou seu responsável legal, resguardados os dispositivos éticos da livre escolha de quem se deseje consultar.

Para ler o documento na íntegra, clique aqui.

*Informações do CFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *