Médico denuncia interferência de empresa em pedido de cirurgia

Por em maio 19, 2015

O médico Marcelo Paiva Paes de Oliveira disse há pouco, em reunião da CPI que investiga suposta máfia de órteses e próteses no Brasil, que na solicitação de cirurgia emitida pela empresa Osteocare para tratamento de saúde dele constavam fornecedores exclusivos (Biomédica e Sundae), “fechando a possibilidade de qualquer disputa por preço”. Marcelo de Oliveira alega ter sido vítima do esquema ao submeter-se a uma cirurgia de coluna ao custo de R$ 208 mil somente para despesa com parafusos

Conforme o médico, a exclusividade dessas empresas foi atestada pelo Plano de Saúde Assit, que recebe recursos da União, “o que poderia levantar suspeitas para a implicação de recursos públicos nesse esquema”.

Segundo Marcelo de Oliveira, sua cirurgia durou mais de 11 horas, o que levantou suspeitas inclusive sobre a “técnica” do médico responsável pela operação, e resultou em sequelas motoras. (Informações da Agência Câmara)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *