Lava Jato: Ministério da Saúde publica portaria que cria sindicância

Por em abril 13, 2015

Portaria do Ministério da Saúde publicada hoje (13) no Diário Oficial da União designa comissão de sindicância para investigar a prestação de serviços de publicidade da pasta.

Na semana passada, a 11ª fase da Operação Lava Jato apontou irregularidades envolvendo a agência Borghi/Lowe, que presta serviço ao ministério e é suspeita de ter feito pagamento de proprina ao deputado cassado André Vargas (sem partido-PR).

De acordo com a portaria, a comissão será formada por três representantes da pasta e terá o prazo de 30 dias, prorrogável por mais 30 dias, para a conclusão dos trabalhos e apresentação do relatório final.

A criação de uma comissão de sindicância já havia sido divulgada pelo ministério na semana passada. A pasta anunciou que as informações dos contratos de publicidade do período em análise pela Polícia Federal serão encaminhadas para a Controladoria-Geral da União e ficarão à disposição dos demais órgãos de controle.

(Informações da Agência Brasil)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *