Humberto Costa vai relatar comissão sobre financiamento da saúde

Por em março 15, 2013

Instalada ontem, a comissão temporária que vai propor soluções para o financiamento da saúde pública definiu Vital do Rêgo (PMDB-PB) para a presidência e Humberto Costa (PT-PE) para a relatoria. Ex-ministro da Saúde, Humberto é médico e foi quem propôs a criação da comissão. Ele disse que, a partir da análise dos projetos que tramitam na Casa, a comissão apresentará propostas para aperfeiçoar o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Vital decidiu que serão realizadas cinco audiências públicas, para as quais serão convidados especialistas e autoridades, entre outros. A próxima reunião será no dia 4 de abril.

Ao avaliar rapidamente os projetos sobre financiamento do SUS, Humberto ressaltou que “há um consenso de que o ente da Federação que precisa ampliar sua participação nos gastos com asaúde é a União”. Segundo ele, o Brasil é o único país com mais de 100 milhões de habitantes entre os países que possuem alguma forma de serviço público universal. Entre as questões que pretende debater na comissão, o senador destacou a relação entre saúde pública e privada, já que ­atualmente, segundo ele, o setor privado é subsidiado não apenas pelas renúncias fiscais, mas também pelo fato de que o SUS acaba se responsabilizando pelos procedimentos mais caros.

— O sistema privado acaba sendo financiado pelo sistema público, direta e indiretamente — reiterou, acrescentando que, “tal como é hoje, essa relação é predatória e parasitária”.

Além de Vital e Humberto, farão parte da comissão os senadores Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Ciro Nogueira (PP-PI), Jayme Campos (DEM-MT), Lúcia Vânia (PSDB-GO), Luiz Henrique (PMDB-SC), Paulo Davim (PV-RN), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Wellington Dias (PT-PI). (Informações do Jornal Senado)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *