Família de criança com paralisia cerebral é indenizada por demora em parto

Por em dezembro 20, 2016

A falta de médico e a demora na realização do parto mudaram radicalmente o futuro da filha de uma agricultora do sul do país, que nasceu com paralisia cerebral.

Diante disso, a família decidiu pedir uma indenização contra a União, a Universidade Federal de Santa Maria, responsável pelo hospital, e o município de Agudo.

*Informações do Programa Via Legal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *