Estudantes de medicina de Rondônia ganham código de ética

Por em agosto 9, 2012

Estudantes acadêmicos de medicina de todas as faculdades, foi lançado oficialmente o Código de Ética do Estudante de Medicina de Rondônia. A presidente do CRM-RO, Maria do Carmo Wanssa, disse que o código de ética do estudante de medicina é a concretização de um sonho e representa um avanço no aprendizado dos futuros médicos.

Representando o Conselho Federal de Medicina, que contribuiu para a edição do código, o diretor do CFM Hiran Gallo, iniciou sua fala lamentando o descredenciamento do programa de residência médica de Rondônia por inépcia dos gestores públicos do Estado e acrescentou que o Código de Ética do Estudante de Medicina deve ser a bíblia do acadêmico. “Como ele traz anexo o Código de Ética Médica, os estudantes sairão da faculdade sabendo como deve ser comportar na profissão médica. É o manual de comportamento do médico. Espero que vocês leiam, absorvam e coloquem em prática os ensinamentos”, recomendou.

Pedro Henrique T. Nunes, acadêmico de medicina da Universidade Federal de Rondônia, elogiou os entendimentos entre a União Rondoniense de Acadêmicos de Medicina (Uram) e o CRM que possibilitaram a edição do código e acentuou ainda sua importância, até porque o CEM não contempla alguns aspectos enfrentados no dia-a-dia pelos acadêmicos. “Esse código deve ser nosso livro de cabeceira”, sugeriu Pedro Henrique.

O professor de bioética, médico Jacobi Heinz Roland, e a diretora do Departamento de Medicina da Unir, Ana Escobar, a secretária-geral do CRM-RO, Rita de Cássia Alves Ferreira, a tesoureira do Conselho, Simi Marques Bennesby e a diretoria da Uram prestigiaram o lançamento do código.

(Do CRM-RO)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *