Escleroterapia no tratamento de varizes é ato privativo médico

Por em Janeiro 6, 2016

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Vascular (SBCV) vem recebendo, de alguns de seus associados, denúncias de que clínicas de estética têm oferecido no mercado, sem qualquer critério ou indicação do médico responsável, a realização de escleroterapia – procedimento invasivo que visa ao tratamento de varizes, consistente na injeção de medicamentos “esclerosantes” em um capilar, vênula ou veia de modo a destruí-la.

De acordo com o Conselho Federal de Medicina é ato privativo do médico a escleroterapia no tratamento de varizes de acordo com o ordenamento jurídico pátrio.

A determinação consta no Parecer CFM número 48/15. Para ler o documento na íntegra, clique aqui.

*Informações do CFM

 

Um comentário

  1. Ana Paula Chiminacio Oliveira

    20/11/2017 at 16:31

    Vários profissionais não médicos estão fazendo escleroterapia e isso deve ser fiscalizado e denunciado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *