Entidades médicas lançam Agenda Parlamentar na Câmara

Por em agosto 19, 2019

O Conselho Federal de Medicina (CFM) e as demais entidades médicas que fazem parte da Comissão de Assuntos Parlamentares (CAP) participaram, na Câmara dos Deputados, do lançamento da Agenda Parlamentar da Saúde Responsável, que elenca as proposições de interesse dos médicos em tramitação no Congresso Nacional.

A solenidade de lançamento foi no plenário da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados e contou com a participação de 27 parlamentares e de dezenas de representantes das entidades médicas, que lotaram o local. Como um dos porta-vozes do evento, o presidente do CFM, Carlos Vital, lembrou que o parlamento é um importante instrumento da democracia e que as entidades médicas estão dispostas a contribuir com o diálogo, na defesa inconteste da “ética, qualidade na assistência, bom exercício da medicina e proteção dos direitos humanos”.

Elogios – O coordenador da Frente Parlamentar da Medicina, deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), elogiou a organização das entidades médicas e reafirmou sua posição de defesa “de uma medicina feita por médicos”. A Agenda foi elogiada pelo ex-ministro da Saúde deputado Ricardo Barros (PR-PR), que parabenizou o movimento médico “pela coragem de se posicionar”.

Já o também ex-ministro da Saúde, deputado Alexandre Padilha (PT-SP), afirmou que o momento é propício para a apresentação da pauta médica. Ele adiantou que, em relação à medida provisória que cria o programa Médicos pelo Brasil, apresentou emenda que inclui o termo carreira médica interfederal e pede a retomada da avaliação das escolas médicas. Para ele, o exame de progresso também é um ponto importante nesta discussão.

Luiz Ovando (PSL-MS) ressaltou a necessidade de valorização do médico clínico e defendeu uma perspectiva de carreira para os participantes do Médicos pelo Brasil. Já Dulce Miranda (MDB-TO) defendeu mais edições do Revalida.

Também participaram da mesa de lançamento da Agenda, além do presidente da CSSF, deputado Antônio Brito (PSD-BA), do deputado Hiran Gonçalves e do presidente Carlos Vital, o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Lincoln Ferreira; a representante da Federação Médica Brasileira (FMB), Maria de Lourdes Carneiro; e o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Guttemberg Fialho. Todos os representantes das entidades médicas ressaltaram a necessidade de um trabalho conjunto em torno de pautas comuns.

*Informações do CFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *