Em uma semana, Cremesp recebe 13 denúncias em relação a honorários médicos

Por em março 23, 2017

O Núcleo de Defesa da Ética em Remuneração Médica (NRM) recebeu 13 denúncias relacionadas a problemas de pagamento de honorários médicos no Estado de São Paulo. A cidade de São Carlos foi a campeã de queixas, registrando 4 denúncias; em uma delas foi anexada uma lista com 100 nomes de médicos vivendo essa situação.

Os casos foram relatados por médicos, via e-mail (nrm@cremesp.org.br), e estão sendo analisados pelo NRM. Criado por meio de Portaria para fiscalizar e acompanhar todos os casos de atraso ou não pagamento de médicos o Estado, o NRM vai intensificar as ações de fiscalização nas cidades com denúncia.

Faremos esforços conjuntos com os sindicatos locais e APMs, agendando reuniões com autoridades, para dialogar e buscar soluções imediatas“, garantiu Lavínio Camarim, vice-presidente do Cremesp e coordenador do NRM. “Recebemos quase duas denúncias por dia e isso é bastante preocupante, merece nossa atenção e vamos visitar essas cidades, pessoalmente, para ouvir e conhecer a situação de perto”, concluiu Camarim.

Na internet, a criação do NRM foi recebida com entusiasmo pelos médicos. Parabéns pela iniciativa. Atitudes como esta revigoram a credibilidade que todos colegas depositam nas entidades que nos representam; em especial no Cremesp”, (Marcos M. Romero, no site do Cremesp). “Parabéns pela criação do Núcleo de Defesa da Ética em Remuneração Médica. É o Cremesp sempre atuante e participativo agindo nos estritos caminhos da Lei. Sucesso!”, completou Plínio Cantieri.

*Informações do Cremesp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *