Deputado lamenta ausência da Unimed em debate e pede CPI dos Planos de Saúde

Por em maio 27, 2015

O deputado Ivan Valente (Psol-SP), autor do requerimento da audiência pública sobre abusos cometidos por planos de saúde, lamentou a ausência de representante da Unimed no debate promovido pela Comissão de Defesa do Consumidor. “Precisamos dar resposta aos 50 milhões de usuários que pagam um preço alto por um serviço ruim e que enfraquece a ideia de acesso à saúde universal”, disse o parlamentar.

Ele acrescentou que a CPI dos Planos de Saúde, proposta pelo seu partido, foi negada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, por conveniência. Segundo Valente, Cunha foi autor de emenda que anistiava os planos de saúde em R$ 2 bilhões – a emenda, inserida na MP 627/13, foi vetada pela presidente Dilma Rousseff ao sancionar a matéria.

“Nós recorremos ao Supremo Tribunal Federal (STF) para instalarmos a CPI e podermos investigar tudo”, comentou o deputado do Psol.

O parlamentar criticou ainda como é feita a escolha dos ocupantes de cargos na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), processo chamado por ele de “porta giratória”. “O cidadão vem da iniciativa privada e é indicado para ser membro de uma agência de saúde. O governo também é responsável por não fiscalizar”, sustentou. “Os planos de saúde não podem abusar do bolso e da paciência do cidadão brasileiro”, completou.

(Informações da Agência Câmara)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *