Criação da profissão de optometrista é rejeitada na Câmara dos Deputados

Por em dezembro 7, 2012

A Comissão de Trabalho de Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados aprovou o relatório do deputado Mauro Nazif (PSB/RO) que rejeita o PL 369/2011 , o qual propõe a regulamentação da optometria. A apreciação do texto foi nesta quarta-feira (05).

O conselheiro federal e membro da Comissão de Assuntos Políticos (CAP), Waldir Cardoso, afirma ser mais uma vitória da medicina: “É o quinto projeto que tenta criar a profissão de optometrista e conseguimos convencer os parlamentares da necessidade da rejeição diante da necessidade de garantir qualidade na atenção à saúde ocular da população brasileira.”

Waldir Cardoso, também diretor de diretor de comunicação da Federação Nacional dos Médicos (Fenam) ainda explica que a rejeição da matéria se deve ao trabalho dedicado da CAP e sua assessoria parlamentar composta pelas entidades médicas (AMB, CFM, Fenam).

Com a decisão da CTASP, a proposta seguiu para a Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), onde aguarda designação de relator, e após a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) analisará a proposição, sujeita à apreciação conclusiva pelas Comissões. (Informações do CFM / Fenam)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *