Cremesp discute a relação entre médicos e indústria

Por em dezembro 5, 2017

Médicos, especialistas e interessados em bem-estar físico, psíquico e social se reuniram ontem, em São Paulo, para tratar de temas relevantes ao setor de saúde do País.

Dividido em quatro painéis, o Fórum Mitos & Fatos – Jovem Pan abordou os temas: ‘Gestão: os modelos que estão revolucionando a saúde.’; ‘Inovação: como a tecnologia está transformando a medicina?’; ‘Prevenção: estamos preparados para o futuro?’ e ‘Bioética: quais os limites para os médicos e para a indústria?’.

O principal objetivo do Fórum foi reunir especialistas do setor para um debate em relação à revolução tecnológica na Medicina e como cuidar de uma sociedade que vai viver mais e precisa, também, viver melhor.

O primeiro secretário do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Bráulio Luna Filho, representou o Conselho no quarto painel que tratou o tema da Bioética, que contou, também, com a participação  do diretor associado de pesquisa clínica – Bristol Myres Squibb Brasil, Rafael Laurino; a diretora do Centro de Pesquisas em Genoma e Células Tronco, Mayana Zatz; o coordenador da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), Jorge Venâncio, e a médica pesquisadora do Laboratório de Investigação Médica (LIM) do Hospital das Clínicas/ FMUSP.

Durante cerca de uma hora, os convidados trocaram experiências e apresentaram suas visões sobre manipulação genética, produção de medicamentos milagrosos, descobertas precoces das doenças, relações médico-paciente e médico-indústria.

Mediado pela jornalista Carolina Ercolin, o painel teve algumas discussões de destaque, como o caso do aborto no Brasil que, na visão de Luna Filho: “deve ser levado em consideração, antes de qualquer análise, a vontade do casal, cabendo ao poder público garantir os direitos e as necessidades, independente da decisão”, comentou.

Outros pontos bastante discutidos foram as pesquisas em saúde, que, para grande parte dos especialistas, precisam ser trabalhadas com mais agilidade e, além disso, a relação entre as indústrias farmacêuticas e os médicos, tema no qual o Cremesp está bastante atento e preocupado.

“Precisamos tratar esta relação com mais transparência e, como acontece nos EUA, é necessário uma legislação que regularize e apresente à população como realmente acontece a ligação dos médicos com as indústrias. O Conselho tem conhecimento que há um laço direto, já que, no passado, trabalhamos em pesquisas sobre o tema e acreditamos que este mecanismo fere, diretamente a relação entre o médico e o paciente que, dificilmente, fica sabendo disso”, reforçou Luna Filho.

O encerramento do Fórum Mitos & Fatos – Jovem Pan foi feito pelo Secretário da Saúde do Estado de São Paulo, David Everson Uip, que apresentou um panorama sobre o setor público de saúde em 2017 e as projeções e expectativas do governo para o próximo ano. Além disso, apresentou dados de investimentos e orçamentos do Estado, novas unidades de saúde, satisfação da população, produção e distribuição de medicamentos, programas de prevenção e recuperação, redes especializadas, vacinação, entre outros. O Fórum foi realizado no Hotel Tivoli Mofarrej, na capital de São Paulo.

*Informações do Cremesp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *