CPI dos Crimes Cibernéticos discute venda de remédios abortivos pela internet

Por em março 22, 2016

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Crimes Cibernéticos promove mais uma audiência pública para debater a venda de medicamentos abortivos pela internet.

O debate, marcado para esta terça-feira (22), contará com a presença de Marcos Ângelo Grimone, promotor de Justiça e coordenador da área criminal da Procuradoria da República em São Paulo; e José Augusto Versiani, delegado da Polícia Federal. A CPI já ouviu em audiência representantes da Anvisa sobre o assunto.

O deputado Flavinho (PSB-SP), que solicitou o debate, assinalou que há na internet sites que promovem a venda irrestrita de medicamentos abortivos, além, de promover e divulgar informações de incentivo ao aborto, “colocando em risco a saúde de mulheres, nascituros e famílias”.

O parlamentar acrescenta que se constata, no mínimo, uma falha no sistema de segurança e alfandegário, assim como no sistema de fiscalização sanitária e nos critérios de registro de encomendas do serviço postal. “Parece-nos prudente ouvir os especialistas para melhor compreender o problema, encontrar soluções e, eventualmente, identificar responsáveis pelas condutas, em tese, criminosas.

*Informações da Agência Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *