Consultas discutem protocolos para segurança do paciente

Por em maio 2, 2013

Com o objetivo de estimular a participação dos profissionais dos serviços de saúde nas consultas públicas abertas sobre o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), a Coordenação de Vigilância em Serviços Sentinelas da Anvisa liberou o acesso aos programas Sentinelas em Ação realizados em abril. Nestas edições os participantes da Rede Sentinela discutiram estratégias para a implantação da segurança do paciente em todo o Brasil.

Os vídeos podem ser assistidos pelo sistema de conferências do Hospital Sírio Libanês. Para isto basta fazer um cadastro e ter acesso ao material. Entre os vídeos estão as palestras sobre as normas que estão em consulta pública.

Desde o último dia 9 de abril está aberta a Consulta Pública n° 9, que institui as ações de vigilância sanitária para segurança do paciente em serviços de saúde. A proposta traz novidades como a obrigação da notificação de eventos adversos e a instituição de um núcleo de segurança do pacientes nos serviços de saúde. O prazo para participação na consulta vai até o dia 8 de maio.

Também está em consulta pública pelo Ministério da Saúde as propostas de protocolos para redução dos eventos adversos. A Consulta Pública 6, realizada pela Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério, trata sobre a prática de higiene das mãos em serviços de saúde, a prevenção de úlceras por pressão e a cirurgia segura. O prazo para participação no texto termina nesta sexta-feira (3/5).

Essa estratégia é uma proposta conjunta do grupo de governança do Programa Nacional de Segurança do Paciente, integrado pelo Ministério da Saúde, Anvisa e Fiocruz.

Faça o cadastro e acesse o vídeos da Rede Sentinela


Leia mais:

Sentinelas em Ação apresenta edições extraordinárias
Aberta Consulta Pública para segurança do paciente
Saúde e Anvisa lançam ações para segurança do paciente

 (Informações da Anvisa)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *