Câmara debate lei que exige brinquedotecas em hospitais

Por em agosto 31, 2015

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados realiza na quinta-feira (3) audiência pública para debater o cumprimento da lei que exige a instalação de brinquedotecas em hospitais. Segundo a Lei 11.104/05, as brinquedotecas são obrigatórias nas unidades de saúde que ofereçam atendimento de internação pediátrica.

O deputado Glauber Braga (PSB-RJ), que solicitou o debate, ressalta que o objetivo das brinquedotecas “é humanizar a saúde, ajudando a minimizar os efeitos das doenças e seus tratamentos e tornar a estada hospitalar da criança mais alegre e menos traumatizante, contribuindo de forma positiva para a recuperação”.

Para o deputado, o atendimento precisa ser realizado não apenas por voluntários, “mas sim por um profissional capacitado, que compreenda o brincar no contexto hospitalar e que seja capaz de planejar espaços, materiais e ações coerentes com a cultura lúdica”.

Convidados
Foram convidados para a audiência:
– o coordenador-geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Paulo Bonilha;
– a presidente da Associação Brasileira de Brinquedotecas, Maria Célia Malta Campo;
– a vice-presidente da Associação Brasileira de Brinquedotecas, Sirlândia Reis de Oliveira;
– a coordenadora da brinquedoteca da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, Cândida Mirian;
– a presidente da Associação Brasileira pelo Direito de Brincar, Eliana Tarzia;
– a coordenadora da Brinquedoteca Seninha, Patrícia Pecoraro;
– a professora Tizuko Morchida Kishimoto, da Universidade de São Paulo (USP);
– o professor Paulo Barroso Tavares, da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro (Uerj);
– um representante do Ministério da Educação.

A audiência está marcada para as 9h30, no Plenário 10.

*Informações da Agência Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *