Anvisa apreende cerca de 60 próteses buco-maxilo-facial irregulares no DF

Por em julho 11, 2017

Ação de fiscalização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apreendeu, nesta terça-feira (11/7), cerca de 60 próteses buco-maxilo-facial irregulares na distribuidora 3D Sint, em Brasília (DF). Também foram recolhidas, na sede da empresa, provas de indícios de adulteração de documentos públicos.

A 3D Sint recebeu esses produtos de um projeto de produção de protótipos de próteses personalizadas de face e de crânio, que funcionava no Senai de Joinville (SC). Esta produção foi alvo de ação fiscal da Anvisa na semana passada.

A empresa, que foi notificada pela Agência, não apresentou documentação obrigatória referente à rastreabilidade das próteses apreendidas. O Senai de Joinville já foi acionado pela Anvisa para realização e apresentação do levantamento da rastreabilidade das próteses que foram encaminhadas para a 3D Sint.

As provas de adulteração de documentos públicos foram encaminhadas para investigação da Polícia Civil do Distrito Federal. Após o devido processo legal, as empresas envolvidas nas fraudes podem pagar multas de até R$ 1,5 milhão. Outras sanções sanitárias possíveis são notificações, interdições e até mesmo o cancelamento dos alvarás de funcionamento.

*Informações da Anvisa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *