Estudo aponta aumento da informalidade no mercado de trabalho da saúde suplementar

Por em outubro 4, 2017

A 35° edição do Boletim “Conjuntura Saúde Suplementar”, do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), faz uma análise das variáveis socioeconômicas relevantes ao desempenho do setor de saúde suplementar, consolidando as  informações macroeconômicas brasileiras do 2° trimestre de 2017 e analisando seus desdobramentos para esse mercado.

O destaque dessa edição é a sessão especial “O aumento da informalidade no mercado de trabalho e a saúde suplementar” que demonstra a relação do mercado de trabalho e da continua redução do saldo de empregos formais com a redução dos vínculos com planos de saúde, especialmente os coletivos empresariais.

Para ler o estudo completo, clique aqui.

*Informações do IESS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *