MP pede que Justiça afaste profissionais temporários que exercem atividades no Ministério da Saúde

Por em setembro 27, 2017

Uma ação civil pública encaminhada pelo Ministério Público Federal no DF pede que a justiça obrigue o afastamento de profissionais contratados temporariamente, mas que exercem atividades típicas de servidores públicos do Ministério da Saúde. São pessoas que desempenham funções com contratos precários que têm sido renovados continuamente, contrariando a natureza do vínculo de trabalho. O MPF quer garantir a nomeação de candidatos aprovados em concurso do Ministério da Saúde em 2014.

*Informações da TV Justiça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *